Auto estima e auto confiança

0
Frequentemente se acredita que a confiança advenha alimentada pela carreira, pelo sucesso, pelo alcance de determinados objetivos.
É falso. A confiança depende da relação que você tem com você mesma.
Queremos mudar, mas, se queremos mudar é porque não gostamos de nós mesmos, não
temos auto-estima. Ou seja, não confiamos em nós mesmos!
Mas, se é assim, como poderemos superar os obstáculos e realizar os novos objetivos e as
mudanças? O resultado deste círculo vicioso é cada vez mais e mais falta de autoconfiança e baixa auto-estima.
A primeira coisa a ser feita é mudar a direção do nosso olhar para o interno. Olhando sempre o passado, acreditamos, com antecedência, como ocorrerão as coisas e isto, na maior parte das vezes, nos condena a perpetuar a baixa auto-estima. Não se deve condicionar o passado para o eterno.
Para isso, precisamos manter este olhar para o interno sempre direcionado, como
um feixe de luz para o presente, podendo ver os eventos de forma sempre diferente.
A autoconfiança não é o produto de um esforço, mas o resultado do estado de regeneração
que se cria dentro de cada um de nós quando nos damos a chance de olhar-nos por est
e novo prisma. Só assim, temos condições de remover sentimentos negativos impregnados como: arrependimento, ciúme, lamentos, raiva, inveja, insegurança.
Supere suas dificuldades, crie sua autoconfiança, se dê essa chance de acreditar em você
mesma!
Autor: Dorit Wallach Verea

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui