A influência do uso do álcool em acidentes graves de trânsito

0

CISA – Centro de Informações sobre Saúde e Álcool

Cientistas australianos realizaram um estudo em que o uso do álcool foi verificado tanto em motoristas envolvidos em acidentes de trânsito quanto em motoristas abordados aleatoriamente em vias públicas. A finalidade desta comparação foi avaliar a influência do uso do álcool, em seus diversos níveis, no organismo de indivíduos envolvidos em acidentes.

O estudo comparou 571 motoristas envolvidos em acidentes automobilísticos em que pelo menos 1 ocupante morreu ou teve de ir para o hospital, com 588 motoristas abordados aleatoriamente. Os participantes do estudo responderam a um questionário auto – aplicativo e foram avaliados quanto aos níveis de álcool no sangue. Os pesquisadores encontraram que o ato de beber esteve fortemente associado aos acidentes de trânsito e isto ocorreu para diferentes quantidades de álcool ingerido. Trinta por cento dos acidentes de trânsito nesta população foram atribuídas ao uso do álcool sendo que 2/3 destes apresentaram uma concentração alcoólica superior a 150 mg/ 100ml.

A magnitude dos danos provocados pelos acidentes foi semelhante tanto para os indivíduos com alcoolemias (concentração de álcool no sangue) de 3 a 50 mg/ 100ml quanto para níveis de 51 a 150/100 ml. Segundo os autores, a proporção de acidentes de trânsito atribuíveis a motoristas com diferentes concentrações de álcool no sangue, nos mostra que as intervenções devem ser realizadas para diferentes grupos de motoristas. Além do que, medidas preventivas eficazes são imperiosas para se diminuir estas estatísticas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui