Quando beber álcool socialmente pode ser um problema?

0

O alcoolismo é um dos problemas mais graves de saúde pública da atualidade, atingindo milhares de brasileiros independentemente da classe social, gênero e idade.

Por ser uma droga lícita, o álcool acaba atravessando a barreira do consumo social sem ser notado. Isso significa que dificilmente seu consumo excessivo é visto como uma doença a não ser que o caso seja de fato grave e venha perdurando há bastante tempo.

Você sabe quando o seu consumo de álcool está se tornando uma dependência? Consegue reconhecer os sinais da doença? Continue lendo esse post, e descubra quando esse hábito aparentemente inofensivo pode estar se tornando um grande vilão em sua vida.

 

Sinais de dependência do álcool

Quando uma pessoa consome álcool em excesso e não para mesmo tendo vários prejuízos, esse é um indício de que ela desenvolveu uma dependência e precisa procurar ajuda de um profissional para obter o diagnóstico e assim iniciar um tratamento.

Abaixo listamos alguns sinais de problemas relacionados ao consumo do álcool em excesso. Veja:

  • Apresentar sinais de abstinência quando fica sem beber como insônia, ansiedade, tremores, suores, náuseas, agitação, etc.
  • Necessitar de doses cada vez maiores de bebida para obter os mesmos resultados de antes.
  • Envolver-se em situações de risco sob efeito do álcool como dirigir embriagado, por exemplo.
  • Ter frequentes discussões em família por conta do consumo excessivo dessa substância, seja pela ausência sempre frequente em casa, seja pelos problemas financeiros, já que a necessidade de beber compromete parte do orçamento.
  • Agressividade em alguns casos;
  • Tentar parar de fazer o uso da substância sozinho e não conseguir.
  • Beber álcool logo que acorda pela manhã.
  • Recorrer à bebida para solucionar os problemas cotidianos.

 

Consequências da dependência a curto e longo prazo:

  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Irritabilidade;
  • Agressividade;
  • Anemia;
  • Perda de memória;
  • Câncer de boca, garganta, mama…
  • Impotência sexual;
  • Doença no fígado;
  • Envelhecimento precoce;
  • Desnutrição;
  • Úlceras;
  • Inflamação no estomago e pâncreas;
  • Baixa imunidade;
  • Pneumonia
  • Etc.

 

Muitas pessoas que sofrem com a dependência do álcool demoram muito tempo para perceber que necessitam de ajuda especializada para se curar do vício. Outros, sequer percebem que têm uma doença ou que precisam de ajuda.

É comum, ao notar os problemas com a bebida, a pessoa se isolar ou tentar esconder a sua relação com o álcool das outras pessoas. Esse isolamento só as leva a beber mais e não soluciona o problema, podendo até agravá-lo.

 

Se você se identificou com alguns dos sintomas citados no post, se está percebendo que a bebida está lhe causando prejuízos e tem dificuldades em controlar o consumo, procure ajuda de um profissional o quanto antes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui