Ansiedade e depressão pioram no final ano?

0

Milhões de brasileiros sofrem com transtorno de ansiedade e depressão. Conviver com esses problemas não é uma tarefa fácil.
Os sintomas de ansiedade surgem quando a pessoa enfrenta dificuldades para controlar o nervosismo, o medo e a expectativa em relação ao futuro. Ataques de pânico, sentimentos de ameaça e preocupação extrema acontecem constantemente, além dos sintomas físicos que podem atrapalhar suas atividades diárias.
Os sintomas de depressão, por sua vez, estão relacionados à tristeza profunda e desânimo, mudanças repentinas de humor, perda de interesse em realizar atividades que antes lhe davam prazer e até mesmo de cuidar de sua higiene pessoal.
Com o final do ano se aproximando, os sintomas dessas doenças podem se agravar ainda mais. Continue fazendo leitura do texto e entenda por que isso acontece.

Por que os sintomas se agravam no final do ano?
Segundo pesquisas, no final do ano, as pessoas ficam mais estressadas. A ansiedade e a preocupação são bem maiores nessa época do que em qualquer outro período do ano.
As causas disso estão relacionadas a muitos fatores, sendo algumas delas:

  • No final do ano, as pessoas fazem uma avaliação dos objetivos alcançados e o fato de não terem cumprido ou conquistando alguns deles acaba causando tristeza ou frustração.
  • A ausência de parentes em reuniões de fim de ano por estarem mortos ou viajando costuma ser mais sentida nessa época.
  • Preocupações com compras, presentes, ceia, viagens, reuniões e despedidas acabam aumentando os sintomas de ansiedade.
  • O fato de muitas famílias passarem o ano desunidas por motivos diversos e só se reunirem no final do ano para manter as aparências também costuma incomodar e pode gerar crises de ansiedade.
  • A falta de planejamento, o excesso de tarefas e as inúmeras expectativas que se criam neste período também podem desencadear uma crise.

Até mesmo pessoas que fazem ou fizeram tratamento podem ter recaídas  e necessitarem de um acompanhamento profissional mais intenso para passar por essa fase.

Qual a importância de buscar ajuda?
É muito comum que as pessoas confundam os sintomas de ansiedade com os sintomas da depressão.
No entanto, apesar de terem algumas características parecidas, são dois problemas diferentes e precisam ser diagnosticados corretamente para que se busque o tratamento ideal em cada caso.
Tanto a depressão como a ansiedade são transtornos que podem trazer muitos prejuízos à vida de quem os possui e, em casos mais graves, podem levar o indivíduo a cometer suicídio.
O preconceito e a vergonha fazem com que essas pessoas se sintam coagidas a buscar ajuda. Sendo assim, elas acabam adiando esse momento e piorando ainda mais o quadro da doença.

O acompanhamento de um profissional é indispensável, pois ele saberá como aconselhar a pessoa a passar por esse período da melhor forma possível. Assim ela poderá aproveitar as festas de fim de ano e a companhia dos seus familiares com tranquilidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui