Autoestima: o que isso pode acarretar para a sua saúde e como fazer para conseguir melhorar?

0

Muita gente acredita que a autoestima está relacionada somente ao que nós vemos no espelho. Na verdade, isso está errado. Afinal, a autoestima pode sim estar relacionada à estética, mas ela engloba uma série muito maior de fatores.

Sofre com autoestima baixa? Então, continue lendo para compreender o que isso pode acarretar para a sua saúde e como fazer para conseguir melhorar a sua autoestima. Confira tudo a seguir!

 

O que é a autoestima de fato?

Antes de tudo, precisamos estabelecer o que é realmente a autoestima.

Trata-se da percepção que temos de nós mesmos a partir de nossas emoções, crenças, atitudes, aspectos sociais e até da visão de terceiros.

É como se fosse uma avaliação subjetiva, que pode ser positiva ou negativa, de tudo o que somos.

Se você não tem uma imagem muito otimista de si mesmo, é incapaz de notar suas qualidades e se sente mal quando pensa na sua posição social, é quase certo que a sua autoestima é baixa. Saiba mais sobre isso a seguir.

 

Quais são os problemas causados pela baixa autoestima?

Engana-se quem pensa que ter uma baixa autoestima afeta apenas o lado emocional do indivíduo. Veja a seguir quais são as consequências que a baixa autoestima pode causar a sua vida:

  • Fadiga excessiva: é possível que a pessoa se sinta sempre cansada, desanimada e tenha uma baixa produtividade nas atividades rotineiras e no trabalho.
  • Transtornos mentais: é comum que quem tem uma autoestima muito baixa acabe desenvolvendo transtornos mentais, como depressão, bipolaridade, borderline, anorexia, bulimia, entre outros.
  • Pouca vida social: normalmente, quem tem baixa autoestima não consegue se sentir confortável em estar rodeado por outras pessoas. Com isso, o indivíduo vai se isolando cada vez mais e acaba ficando anti-social.

 

Como aumentar a autoestima?

Não existe uma receita para melhorar a sua autoestima, afinal cada um possui suas próprias características e necessidades.

Contudo, é possível dar algumas dicas para que você possa ir trabalhando a autoestima até conseguir elevá-la. Veja a seguir:

1 – Não se maltrate tanto pelos seus erros

Todo mundo erra, até aquelas pessoas que você admira muito. Ao invés de se maltratar tanto por culpa dos erros, aprenda com eles! Analise o que te fez errar, mude sua atitude e acerte na próxima.

2 – Pare de se comparar com os outros

A competitividade é algo muito tóxico. Você tem que entender que os outros possuem peculiaridades e bases diferentes das suas. Concentre-se em ser a melhor versão de si mesmo e não melhor do que o outro.

3 – Faça o que te faz bem

Você tem muita vontade de fazer algo (um curso, um esporte, uma atividade, etc.) mas o medo de começar sempre fala mais alto? Respire fundo e dê o primeiro passo. Nunca ignore algo que te faça bem! Você merece se sentir feliz e contente, lembre-se disso.

4 – Ouça mais a si mesmo

Algumas pessoas têm boas intenções quando te dão conselhos, mas elas não te conhecem mais do que você mesmo! Por isso, ouça sempre o seu coração antes de ouvir qualquer outra opinião.

 

Caso a sua autoestima esteja te atrapalhando, é bom procurar um psicólogo para ajudar a lidar com isso e te ensinar técnicas que possam aliviar os pensamentos negativos sobre si mesmo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui