Depressão após a aposentadoria: Causas e prevenção.

0

A aposentadoria é algo muito esperado pela maioria das pessoas, pois significa um merecido descanso depois de tantos anos dedicados ao trabalho. Mas para alguns esse momento da vida pode trazer efeitos negativos também.

Em 2013, o Instituto de Assuntos Econômicos de Londres publicou um estudo indicando que a aposentadoria pode aumentar em até 40% as chances de depressão, assim como elevar em 60% a possibilidade de desenvolvimento de um problema físico.

            Você percebe que a pessoa está passando por isso quando nada mais a motiva, qualquer coisa a irrita e o relacionamento com a família anda degradado. O sentimento de solidão (mesmo com familiares por perto) também é um sintoma comum.

 

Afinal, o que causa a depressão após a aposentadoria?

            É possível identificar alguns fatores que podem causar o quadro depressivo do aposentado, veja:

  • Rotina interrompida: no geral, as pessoas passam 75% do tempo vivendo em função do trabalho. Então, quando isso de repente acaba, o indivíduo pode ficar desnorteado sem a ocupação.
  • Predisposição à depressão: pode ser despertada pela falta de preparo psicológico, a sensação de “perda” da autonomia e a situação financeira pós-aposentadoria.
  • Perda de contatos: o aposentado passou muito tempo convivendo com colegas de trabalho e em grande parte dos casos esse vínculo acaba após a saída do emprego. Isso faz com que a pessoa se sinta sozinha e melancólica.

 

Como evitar que a depressão após a aposentadoria aconteça?

Apesar de não haver uma regra e de o comportamento poder variar de pessoa para pessoa, existem três dicas que podem ajudar a prevenir a depressão pós-aposentadoria. Dê uma olhada:

 

  1. Planejar a aposentadoria

É muito importante refletir e até planejar como será a vida pós-aposentadoria. Procure programar o que fazer, para onde ir ou avaliar quais hobbies lhe interessam mais.

Não é bom deixar para decidir essas coisas apenas depois de sair da empresa. Não dê espaço para os sentimentos ruins aparecerem.

É importante ver a aposentadoria como uma oportunidade para tentar coisas novas, viver um capítulo diferente e abraçar aventuras. Há muita vida pela frente.

 

  1. Investir nos relacionamentos

            Aproveitar o tempo para passar mais momentos com a família e com os amigos é essencial, assim como fazer uma força para manter contato com os colegas de trabalho.

Se eles também estiverem se aposentando, que tal planejar uma viagem juntos? Ter afetividade e camaradagem faz muita diferença e ajuda a afastar os pensamentos ruins, não só na aposentadoria, mas durante a vida toda.

 

  1. Realizar atividades físicas

            Fazer exercícios físicos ou praticar algum esporte é extremamente benéfico tanto à saúde mental quanto física.

Além de proporcionar bem-estar e qualidade de vida, também é uma maneira de prevenir problemas que vêm com a idade, como doenças crônicas, rigidez, dores musculares, etc.

 

Tenha em mente que chegar a terceira idade não quer dizer parar de buscar coisas novas. De igual modo, se aposentar não quer dizer parar de se ocupar. Existem oportunidades esperando por você! Não as perca!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui